Ácido Alfalipóico 300MG Cápsulas ZEREYHEX001
Ácido Alfalipóico 300MG Cápsulas ZEREYHEX001

imagem meramente ilustrativa

Ácido Alfalipóico 300MG Cápsulas

Ref.: ZEREYHEX001 Compra Segura

Escolha uma opção

  • Selecione a opção para Cápsulas:
R$ 56,90 Em até 12x de R$ 4,74 sem juros
Produto indisponível

ÁCIDO ALFALIPÓICO 300MG CÁPSULAS 



O QUE É ÁCIDO ALFA LIPÓICO?


O ácido alfalipóico (ALA) é ácido graxo encontrado naturalmente dentro de cada célula no corpo. O corpo precisa para produzir a energia para as funções normais do nosso corpo. O ácido alfalipóico converte a glicose (açúcar no sangue) em energia

O ácido alfalipóico (ALA) está presente em nosso organismo, principalmente nos rins, coração e fígado, mas também pode ser encontrado no cérebro, pulmão, pâncreas e baço. Encontramos o ácido alfa lipóico em carnes vermelhas, principalmente no fígado e em alguns vegetais verdes escuros como a couve, brócolis, espinafre. A substância é também encontrada em forma de suplemento.

O ácido funciona como um varredor dos radicais livres, neutralizando seus efeitos; a substância atua no combate do estresse oxidativo, que é quando acontece o desequilíbrio entre antioxidantes e radicais livres, prevalecendo os radicais livres.


 

REGENERAÇÃO DOS MÚSCULOS E PERFORMANCE


O ácido alfalipóico (ALA) tem outras vantagens e benefícios, como por exemplo, a prevenção catabólica após o treinamento físico, diminui a concentração de ácido lático e piruvato decorrentes da contração muscular o que ajuda a diminuir o cansaço e ajuda na recuperação.

O ALA é uma coenzima antioxidante que possui muitas propriedade benéficas para a saúde. No entanto é muito conhecido mundialmente como “antioxidante universal” devido a sua propriedade de poder reagir com água e gordura, o que torna o Ácido Alfa Lipóico um potente antixidante para livrar o corpo dos radicais livres.

O Ácido Alfa Lipóico é regulamentado em vários países da europa como uma droga aprovada para tratamentos de complicações relacionadas com a diabetes, alcoolismo além de algumas condições do fígado.

ALA é um ácido graxo de cadeia curta encontrado nas mitocôndrias, que são a parte produtora de energia de cada célula, sendo sintetizado no fígado.

Sendo assim este ácido graxo é fundamental para as funções do corpo pois é responsável pela conversão da glicose em energia para ser usada em nossas atividades.

Por ser um antioxidante, o Ácido Alfa Lipóico age combatendo os radicais livres que causam danos as celulas, provocando o envelhecimento da pele e outros danos à saúde.

Outro benefício do Ácido Alfa Lipóico é que ele é responsável pelo aumento da produção de glutationa, que também é um antioxidante e age na eliminação de susbtâncias prejudiciais ao corpo.


ALIMENTOS COMPOSTOS DE ALA



Este poderoso antioxidante pode ser obtido através do consumo de carnes como o fígado, coração e também através de legumes, verduras e cereais como:

Batatas;
Brócolis;
Couve de Bruxelas;
Espinafre;
Farelo de Arroz;
Levedura;
Tomate


Vale ressaltar que com apenas a ingestão desses alimentos não é possível obter níveis elevados de ALA livre no corpo, sendo necessário a suplementação.


EFEITOS POSITIVOS DO ALA



Além de prevenir e combater os danos as células, o ALA pode restaurar os níveis ideais de vitaminas no organismo e melhorar o funcionamento dos neurônios. Através de sua propriedade que reduz os níveis de açúcar no sangue, o ALA ajuda a reduzir os sintomas do diabetes. O ácido alfa lipóico também age na quebra dos carboidratos, auxiliando na produção de energia que será usada principalmente durante os exercícios físicos.

ENERGIA: É um excelente energético natural, já que participa ativamente da conversão de glicose em ATP, reduzindo a glicose livre no sangue favorecendo a melhora da distribuição de outros nutrientes além de equilibrar os níveis de energia no corpo. Estudos indicam que uma dose de 1.800mg/dia de ALA melhora a produção de energia nas mitocôndrias e aumenta dessa forma o metabolismo, favorecendo a queima de gordura e a consequente perda de peso.

EMAGRECIMENTO: Pelo fato de aumentar o metabolismo e reduzir os níveis de açúcar no sangue, o ácido alfa lipóico contribui para em conjunto com atividades físicas, haja um ambiente ideal para oxidação das gorduras e perda de peso. O ALA também age na transoformação da glicose em energia, evitando que seja acumulada pelo corpo em forma de gordura e equilibra o aporte energético do corpo, reduzindo o percentual total de gordura, ajudando a emagrecer e ainda aumentando a quantidade de massa magra.

ANTIOXIDANTE: Sem dúvida um dos principais benefícios do ácido alfa lipóico é sua função antioxidante que pode ser dissolvido em água e gordura, contribuindo para a redução dos radicais livres em diversas áreas do corpo. Os radicais livres são resíduos criados pelo organismo quando há a transformação de alimentos em energia. Eles causam danos as células através de reações químicas nocivas, dentre esses danos causados o mais conhecido é o envelhecimento acelerado e o avanço do câncer além de doenças degenerativas. Por isso o ácido alfa lipóico é tão usado em diversos tratamentos em todo mundo, pois ele contribui para melhora da saúde e longevidade das células e do corpo, livrando-o dos males causados pelos radicais livres.

MELHORIA NA AÇÃO DOS ANTIOXIDANTES: O ALA além de ser um poderoso antioxidante solúvel em água e gordura, pode também melhorar os efeitos dos outros antioxidantes como a Vitamina C e E. Isso se dá pois o ácido alfa lipóico é capaz de reutilizar e regenerar os antioxidantes, proporcionando mais benefícios para cada um deles. Desta forma não só haverá a ação do ALA mais dos outros antioxidantes de forma melhorada, contribuindo enormemente para melhora da saúde.

SAÚDE DA PELE: Deixa a pele mais jovial, tonificada, e ainda ajuda a prevenir a formação de rugas, pelo fato do ácido alfa lipóico combater os radicais livres que causam estresse oxidativo, há uma melhora das células da pele durante o uso do ALA. Ele contribui para uma pele mais saudável, bonita, jovem e protegida do estresse oxidativo. Outro efeito do ácido alfa lipóico para a pele é que pesquisas indicam que consumir ALA duas vezes por dia pode auxiliar na redução das linhas de expressão e rugas, além de reduzir as marcas causadas pelo sol.

DIABETES: Aumenta da sensibilidade das células à insulina reduzindo os níveis de açúcar no sangue, melhorando a conversão de glicose em energia, o ácido alfa lipóico contribui para melhora e prevenção do diabetes. Ao evitar o pico de insulina e excesso de açúcar no sangue, o ALA também contribui para a perda de peso além de auxiliar contra a diabetes. Pesquisas sugerem que o uso do ALA é ideal para pessoas com sobrepeso, pressão alta além do diabetes.

CÂNCER: Alguns tipos de câncer são originados pela ação dos radicais livres que causam danos as células, fazendo com que se desenvolvam de forma irregular. Ao agir como poderoso antioxidante e potencializar a ação de outros também, o ácido alfa lipoico pode evitar o aparecimento do câncer, em especial câncer de pâncreas e fígado.

PROTEÇÃO HEPÁTICA - CICLOS DOS ESTERÓIDES: O Ácido Alfa Lipóico também ajuda a reparar os danos no fígado, causados pelo álcool e outras substâncias nocivas ao bom funcionamento do fígado. Bodybuilders já utilizavam o ácido alfa lipóico antes mesmo dele ser conhecido como é hoje, justamente por suas propriedades benéficas ao crescimento muscular, perda de gordura, controle da glicemia e ação antioxidante. Atletas profissonais e amadores que fazem ciclos de esteroides anabólicos, se beneficiam através da suplementação de ácido alfa lipóico no pós-ciclo devido suas propriedades de proteção do fígado.

SAÚDE DOS OLHOS: A suplementação com ALA pode reduzir de forma eficaz os sintomas de deficiência na visão, onde é aconselhado o consumo de 75mg a 150mg diários de ácido alfa lipóico. Alguns estudos indicam que a suplementação com ácido alfa lipoico pode ajudar no tratamento da catarata.

VITILIGO: O Ácido Alfa Lipoico pode inclusive auxiliar no tratamento de vitiligo, retardando o efeito de despigmentação da pele. No entanto os poucos estudos que existem acerca desse tratamento, indicam que o consumo de ALA deve ser conciliado com otros procedimentos.

SISTEMA NERVOSO E DOENÇAS DEGENERATIVAS: O ácido alfa lipóico consegue atravessar a barreira hemato-encefálica, que é uma parede formada de minúsculos vasos e células estruturais, passando com facilidade para o cérebro, aonde age protegendo o tecido nervoso contra danos causados pelos radicais livres.

Pessoas com Mal de Parkinson podem se beneficiar da suplementação com ALA de acordo com o estudo publicado em fevereiro de 2011 pelo Internacional Journal of Neuroscience.

O suplemento de ácido alfa lipóico pode reduzir o estresse oxidativo nos nervos, na susbstância nigra, área do cérebro que produz o neurotransmissor dopamina, que segundo estudos se encontra deficiente em pessoas com Mal de Parkinson.

MASSA MUSCULAR: O ácido alfa lipóico também ajuda os músculos a incorporarem com mais facilidade outros suplementos energéticos, como a creatina. O Ácido Alfa Lipóico participa da ação da insulina e inclusive tem a forma de agir semelhante no que tange a absorção da glicose pelas células que chega a 65%. Ao reduzir a quantidade de glicose no sangue, o ALA permite que outros nutrientes sejam melhores absorvidos pelo corpo, pois não terão de competir entre si para atingir as células. Outro benefício para o ganho de massa muscular é que o ácido alfa lipóico aumenta os níveis de glutationa intracelular, que possui eficácia na recuperação muscular, pois reduz os danos intracelulares nos músculos, também conhecido como catabolismo. O ácido alfa lipóico também aumenta a capacidade da creatina entrar nas células musculares, favorecendo o aumento de força, energia e massa muscular.

SAÚDE CARDÍACA: O Ácido Alfa Lipóico auxilia a previnir doenças cardíacas,pois ajuda a reduzir os níves de colesterol e equilibra a pressão arterial, somado isto ao fato que o ALA contribui para redução da glicose no sangue, a saúde cardíaca aumenta. Inclusive algumas pesquisas sugerem que a suplementação com ácido alfa lipóico em um período de 2 meses antes da cirurgia de revascularização do miocárdio ou um mês após, pode reduzir a possibilidade de complicações decorrentes, aumentando a velocidade em que o coração recompõe suas fibras no período pós-cirúrgico.

PRESSÃO ARTERIAL: Estudos sugerem que essa substância pode ainda reduzir a pressão arterial, sendo um tratamento alternativo para hipertensos.



COMO TOMAR O ALA?



A quantidade a ser tomada de Ácido Alfa Lipóico varia para cada pessoa dependendo das necessidades e o tratamento a ser feito. Não existe uma quantidade especificada para todas as pessoas, no entanto cada fabricante coloca no rótulo a quantidade e a dosagem a ser ingerida por dia. Nos suplementos em cápsulas geralmente se toma 2 cápsulas junto das principais refeições. Antes de tomar Ácido Alfa Lipóico procure a orientação de um nutricionista ou médico, que saberá encaixar a quantidade certa e os horários ideais para sua necessidade.



ALA + CARNITINA



Pesquisas indicam que é preciso tomar acetil-L-carnitina junto com ácido alfa lipóico, pois esta substância atua no transporte de gorduras para as células onde será metabolizada. Outro benefício de suplementar com acetil-L-carnitina é que jundo com ALA elas trabalham juntas para manter os níveis de dopamina, importante neurotransmissor para o metabolismo energético. Ao suplemetar ALA + Carnitina antes do treino, o aumento de energia se torna maior, além do foco que é aumentado e a melhora da sensibilidade à insulina. Através desta suplementação os receptores androgênicos do corpo são ativados, criando um ambiente perfeito para a queima de gordura e fortalecimento muscular.



EFEITOS COLATERAIS



A ingestão excessiva de Ácido Alfa Lipóico pode ocasionar sintomas como câibras, formigamentos, dores de cabeça e inclusive princípio de hipoglicemia, pois o ALA reduz os níveis de açúcar no sangue. Antes de usar suplemento de ácido alfa lipóico, deve-se primeiro consultar seu médico e evitar consiliar o ALA com qualquer medicamento para diabetes, ou que abaixe o açúcar no sangue.

ÁCIDO ALFA-LIPÓICO


Além de tomar ALA por seus benefícios gerais como um antioxidante, estudos demonstram que o ácido alfalipóico pode ajudar com as seguintes condições:
 
- hipertensão (pressão arterial alta)
- doenças cardiovasculares
- síndrome metabólica (pressão alta e colesterol elevado)
- neuropatia periférica (causada por diabete e outras condições, como doença de Lyme, alcoolismo, herpes-zóster, tiróide e insuficiência renal)
- diabete (melhorando o metabolismo da glicose e ajudando os diabéticos a utilizar insulina melhor)
- doença hepáticas
- câncer pancreático metastático (aumenta a sobrevivência a longo prazo)
- função cerebral prejudicada (como tratamento para derrame e outros transtornos cerebrais envolvendo lesões por radicais livres, incluindo mal de Alzheimer)
- efeitos de envelhecimento (melhorando o fluxo sanguíneo e aprimorando a função imunológica, recuperando os níveis de glutationa, um composto desintoxicante e um antioxidante de proteção)
- doenças degenerativas (ALA é um forte agente antiinflamatório)
- glaucoma e catarata

Composição Ácido Alfalipóico 300mg

Ácido Alfalipóico 300mg

QSP 1 Cápsula

Posologia

Tomar conforme orientação médica.

Validade

6 Meses

Advertências

1. Nunca compre medicamento sem orientação de um profissional habilitado.

2. Imagens meramente ilustrativas.

3. Pessoas com hipersensibilidade à substância não devem ingerir o produto.

4. Em caso de hipersensibilidade ao produto, recomenda-se descontinuar o uso e consultar o médico.

5. Não use o medicamento com o prazo de validade vencido.

6. Manter em temperatura ambiente (15 a 30ºC). Proteger da luz, do calor e da umidade. Nestas condições, o medicamento se manterá próprio para o consumo, respeitando o prazo de validade indicado na embalagem.

7. Todo medicamento deve ser mantido fora do alcance das crianças.

8. Este medicamento não deve ser utilizado por menores de 18 anos sem orientação médica.

9. Este medicamento não deverá ser partido ou mastigado.

10. Siga corretamente o modo de usar. Não desaparecendo os sintomas, procure orientação médica.

11. "SE PERSISTIREM OS SINTOMAS, O MÉDICO DEVERÁ SER CONSULTADO"

12. "Os resultados e indicações referentes ao uso desse produto foram avaliados e comprovados pelo fabricante deste insumo farmacêutico (BATISTUZZO, J.A.O., ITAYA, M., ETO, Y. Formulário Médico Farmacêutico. 3ª ed, São Paulo: Pharmabooks, 2006) e outros estudos conforme descrito nas Referências. Não garantimos os resultados descritos, estes variam de pessoa para pessoa dependendo de diversos fatores como alimentação, prática de exercícios físicos, presença de outras patologias, bem como, o uso correto do produto conforme descrito na posologia.”

Aproveite Também